Pr. IsmarLivros MensagensEstudosFotosContatos LinksHome

   
  OCIOSIDADES E TEMPOS TRABALHOSOS ...  
  DEVEMOS COMEMORAR NATAL DE JESUS ...  
  Veja Mais ›  
 

 
  MALDIÇÃO E BENÇÃO ...  
  AS LIÇÕES DE ABRAÃO ...  
  Veja Mais ›  
     
 

 
 
 
(11) 97374-6766
 

  
 
 

 
 

 
 

As Nossas Palavras

 

Precisamos ter muito cuidado com o que falamos porque poderemos ofender alguém, poderemos murmurar contra Deus e disso tudo prestaremos conta um dia. (Mateus 12:36) “Mas eu vos digo que de toda palavra ociosa que os homens disserem hão de dar conta no Dia do Juízo”. A Bíblia diz em (Tiago 1:19) “Sabeis isto, meus amados irmãos; mas todo o homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar”. O versículo acima afirma que devemos ser pronto para ouvir e tardio para falar porque em ouvir não há problemas, mas quando se fala assume-se responsabilidades e muitas vezes a pessoa se arrepende de ter falado algo que não deveria ter falado, mas é tarde, pois já falou demais. Nossas palavras têm que serem temperadas com sal, veja como diz o Apostolo Paulo aos (Colossenses 4:6) “A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um”.

 

Nossas palavras estão patentes aos olhos de Deus, (Salmos 139:4) “Sem que haja uma palavra na minha língua, eis que, ó SENHOR, tudo conheces”.

Afastemo-nos de falsidade de língua, examine (Êxodo 23:7a) “De palavras de falsidade te afastarás”... . Falando com um ímpio o Salmista diz em (Salmos 52:2) “A tua língua intenta o mal, como uma navalha afiada, traçando enganos”. Existem pessoas cujas palavras são só de ofensa, condenação, desânimo, más noticias ou palavrões. (Tiago 3:9) “Com ela bendizemos a Deus e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus”. Examinemos (Tiago 3:10) “De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim”.

 

Nossas palavras deverão servir para edificação, consolo, conforto e de amor cristão, (Efésios 4:29) “Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem”. Amar com amor genuíno, puro e santo, não só de língua, leia o que está escrito em (1 João 3:18) “Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade”. Quem ama o próximo, suas palavras são comedidas e em nada o prejudica. 

Deus nos dá sempre uma boa palavra para servir de ânimo àqueles que nos ouvem, examinemos o que diz o profeta em (Isaías 50:4) “O Senhor JEOVÁ me deu uma língua erudita, para que eu saiba dizer, a seu tempo, uma boa palavra ao que está cansado. Ele desperta-me todas as manhãs, desperta-me o ouvido para que ouça como aqueles que aprendem”.

 

A Palavra de Deus deve sempre estar na nossa boca para termos sempre uma palavra boa e de segurança para transmitir ao próximo, (Romanos 10:8) “Mas que diz? A palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração”... .

Nossas palavras devem ser como adornos à sabedoria, leiam em (Provérbios 15:2) “A língua dos sábios adorna a sabedoria, mas a boca dos tolos derrama a estultícia”. Porque a palavra dita na hora certa é muito boa. Examinemos o que Salomão diz em (Provérbios 15:23) “O homem se alegra na resposta da sua boca, e a palavra, a seu tempo, quão boa é!”. A palavra dita a seu tempo tem também um altíssimo valor, Isto também foi dito por Salomão, veja; (Provérbios 25:11) “Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo”. Quando vamos visitar uma pessoa, enferma ou com outros problemas devemos ter sempre uma palavra de conforto, de animo e nunca palavra de derrota ou de desanimo, mas tenhamos palavras que traga esperança e alegria à pessoa que nos recebeu.                        

 

Tenhamos cuidado com o que falamos para o nosso próprio bem e para edificação do nosso próximo, isso é bom e agradável a Deus.

Conheci uma senhora que me contou que em certa ocasião colocou em sua mente que estava muito enferma, ficando alguns dias cabisbaixa, deitada quase o dia todo. Uma de suas vizinhas sabendo disso foi visitá-la, lá chegando disse-lhe: Como a senhora está pálida, seu estado de saúde não é bom, procure logo um medico e saindo foi levar essa notícia para outra vizinha, que imediatamente foi até a casa da que dizia estar enferma, lá chegando encontrou-a deitada enrolada em cobertor e gemendo, essa segunda vizinha entendeu logo que ela estava apenas sugestionada. Aguardou alguns instantes e disse-lhe: olha fulana, você não tem nada é coisa que você colocou na cabeça, pode levantar dessa cama e ir preparar um cafezinho para tomarmos juntas, vamos rápido, que bobagem é essa de pensar que está doente ficar aí toda enrolada, não saio daqui sem tomarmos o nosso cafezinho. A “doente” não teve alternativa levantou-se, lavou o seu rosto e fez conforme lhe fora dito e ali palestraram alegremente sem nada mais sentir. Note; duas mensagens, uma péssima e a outra ótima o efeito é completamente oposto, nessas e em todas as ocasiões devemos ter muito cuidado com nossas palavras.

 

A boa palavra dita no momento certo verdadeiramente é maçãs de ouro em salvas de prata. Em ocasiões de festas as pessoas se abraçam desejando boas festas e até enviam cartões de felicitações natalinas ou passagem de anos e muitas vezes isso não passa de hipocrisia, uma cordialidade inexistente. Tomemos cuidado!

A Palavra de Deus nos ensina tudo e nos mínimos detalhes e tem respostas para tudo!

Tenhamos cuidado com nossas palavras com elas devemos honrar e agradar a Deus.

Creia em Deus, aceite a Jesus Cristo e leia a Bíblia.

Pr. Ismar Vieira Malta.

 

 

 

 

 

 

.

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR ESTE TEXTO

Nome:
E-mail:
   

Comentário:

(0 / 250)

Voltar

Pr. IsmarLivros MensagensEstudosFotosContatos LinksHome

© Copyright 2017 - Pastor Ismar Vieira Malta - Desenvolvido pela Agência de Sites Jundiaí e Portal Imóvel Já