Pr. IsmarLivros MensagensEstudosFotosContatos LinksHome

   
  MULHER ...  
  ALEGRIA DO CRENTE SINCERO ...  
  Veja Mais ›  
 

 
  O OBREIRO E A BÍBLIA ...  
  RECONÇILIAÇÃO ...  
  Veja Mais ›  
     
 

 
 
 
(11) 97374-6766
 

  
 
 

 
 

 
 

CONFIANÇA EM CRISTO E NA BÍBLIA

O que é confiança?

Confiança é segurança íntima de procedimento, credito e fé.

Para sermos vitoriosos em nossos objetivos devemos ter confiança em todos os nossos procedimentos sejam quais forem e em qualquer circunstancias de nossa vida, se não tivermos confiança no que iremos fazer é melhor não levar o projeto adiante porque poderemos ser decepcionados em nossas pretensões. Diante disso nosso dever é examinar profunda e minuciosamente tudo o que pretendemos realizar para obtermos a certeza, e confiança que estamos agindo corretamente sem erro algum para que no fim não venhamos a nos decepcionar com os resultados.

 

 Três Exemplos

 

Primeiro exemplo: Se pretendermos estabelecer uma indústria ou comercio ou outra atividade qualquer, teremos que examinar tudo muito bem; o local, o produto, seja da indústria ou comercio até alcançarmos confiança que o produto que pretendemos fabricar ou vender terá boa aceitação para obtermos os lucros desejados. Quando obtivermos a confiança absoluta poderemos levar o projeto adiante e sem duvida teremos êxito.

 

Segundo exemplo o casamento: A constituição de um lar também exige análise de tudo para que o lar seja bem edificado e o casamento seja duradouro. Antigamente o período que chamamos de namoro era justamente para analisarmos tudo e em todas as circunstancia, hoje isso está deturpado, hoje mal começam a namorar passam a viver juntos maritalmente, vivem um ou dois anos e logo se separam com a maior naturalidade. Para o casamento propriamente dito os pretendentes deverão examinar tudo para o bem de ambos; analisar se os ideais são os mesmos, se a índole de ambos dará condições de vida a dois, se há amor para isso, se não é somente uma pretensão com interesses financeiros, ou por causa do visual, atração sexual ou outra coisa qualquer, porque para um casamento ser duradouro terá que haver amor, confiança, tolerância, compreensão. Muitos casamentos se realizam por um dos motivos citados acima sem as análises necessárias apenas com o falso amor do período do namoro, esses casamentos estarão sem duvida fadados ao desastre da separação; começam as brigas, desconfianças, desentendimentos, intolerância então acontece a separação e em muitos casos acontecem até mortes; filhos passam a viver de um lado, mãe e pai cada um para lados diferentes, e muitas vezes os filhos ficam revoltados, se enveredam pelas bebidas, drogas e quase sempre se tornam marginais cujo fim é a prisão ou morte.

Se a análise for feita com cuidado poderemos obter a certeza que tudo está aprovado e o casamento será por certo duradouro, firme e estarão aptos para enfrentarem com confiança todas as circunstâncias da vida. Eu estou com cinqüenta anos de casado!

 

3)Terceiro exemplo: Até mesmo na crença e fé devemos analisar tudo até obtermos confiança absoluta no Deus que passamos a crer para não cairmos nas ciladas de estarmos crendo em falsos deuses que existem por aí e não são poucos. Em vias de regras todos os seres humanos crêem na existência de um Ser superior, até os que se dizem ateus, é só observarmos como eles lutam para provarem que Deus não existe, se não existe porque lutam eles, isso prova claramente que dentro deles a alma suspira e almeja servir ao Deus verdadeiro. Eles dizem: Deus não existe porque ninguém o viu, então podemos lhes perguntar; você já viu a dor, ninguém a viu, mas ela existe e todos já sentiram dores. Assim é Deus, ninguém viu, mas podemos senti-lo em nós.

Para se obter confiança no Deus que queremos servir também se faz necessário analisarmos tudo com isenção de animo. Dizem que os índios que habitavam o Brasil antes de sua descoberta tinham o trovão como à voz de Deus ao qual eles chamavam de Tupã, isso prova que eles também criam na existência de um Ser superior. Sempre existiu e sempre existirão deuses para todos os gostos, até homens se dizendo deus, deus da idolatria, deuses que não passam de estatuas feitas pelas mãos de homens, animais sendo considerados sagrados, existem também muitos deuses e deusas em varias nações, e muitas pessoas anualmente se martirizam em oferenda a esses deuses. Até Israel foi enganado algumas vezes e serviram ao deus Baal e a Moloque porque não fizeram análise necessária. Com essa miscelânea toda se não for feito uma análise em tudo poderemos passar a crer e adorar um deus morto que para nada serve a não ser para perda de tempo.

 

Diante de tudo o que vemos, perguntamos; existe um Deus verdadeiro? Sim existe! A própria natureza prova a existência do Criador do céu e terra e também as Escrituras Sagradas provam claramente Sua existência.

Para não enveredarmos por caminhos errados na fé e tornarmos ateu, temos que fazer uma análise minuciosa para alcançarmos confiança e a certeza que existe um Deus vivo e verdadeiro, que perdoa pecados, salva a alma, nos guia e nos garante vida eterna, o qual enviou Seu amado Filho Jesus Cristo para pagar o preço da nossa redenção. Citaremos algumas provas que estão escritas na Bíblia Sagrada cujas palavras já se cumpriram literalmente, portanto são incontestáveis.

 

O profeta Daniel profetizou entre 539/538 anos antes de Cristo que a ciência iria se multiplicar (Daniel 12.4) “E tu, Daniel, encerra estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará”.

Hoje vemos carros velozes, aviões supersônicos, já vimos homens pisando no solo lunar, na medicina e os avanços da ciência estão visíveis, verdadeiramente a ciência se multiplicou. O isolamento crescente de Israel pelas nações que está quase chegando a um isolamento total veja agora o que a Bíblia diz sobre isso muito antes do nascimento de Cristo, (Números 23.9) “Porque do cume das penhas o vejo, e dos outeiros o contemplo; eis que este povo habitará só, e entre as nações não será contado”.

 

Jesus falou de Seu retorno à terra que seria dias como os dias de Noé, (Mateus 24.37) “E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem”. Os dias de Noé eram dias de violência vejamos o que diz em (Gênesis 6.13) “Então disse Deus a Noé: O fim de toda a carne é vindo perante a minha face; porque a terra está cheia de violência; e eis que os desfarei com a terra”. E hoje não estamos vivendo em um mundo cheio de violência? Isso é inegável! Entre os anos de 1955 a 1968 eu trabalhava como torneiro mecânico na estrada de ferro em Marília e muitas vezes eu era chamado ao trabalho as duas ou três horas da madrugada eu me dirigia ao trabalho a pé saindo de uma vila ode morava até o centro da cidade e isso com tranqüilidade, hoje dá para fazer isso? Nem pensar!

 

O cumprimento literal dos versículos citados são provas suficientes que Deus existe e que a Bíblia é Sua gloriosa Palavra, assim podemos com confiança servir, adorar a Jesus Cristo e obedecer a Seus ensinos. Mesmo assim alguém poderá perguntar; você já viu esse Deus? Direi não, porém sinto Sua presença em minha vida e com muita confiança direi como Paulo diz em (II Timóteo 1.12) “Por cuja causa padeço também isto, mas não me envergonho; porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele dia”. Assim obteremos confiança.

Advertência: (Apocalipse 3.1) “Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa”.

Creia e tenha confiança em Cristo, leia a Bíblia.                                Pr Ismar V. Malta.

 

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR ESTE TEXTO

Nome:
E-mail:
   

Comentário:

(0 / 250)

Voltar

Pr. IsmarLivros MensagensEstudosFotosContatos LinksHome

© Copyright 2017 - Pastor Ismar Vieira Malta - Desenvolvido pela Agência de Sites Jundiaí e Portal Imóvel Já