Pr. IsmarLivros MensagensEstudosFotosContatos LinksHome

   
  ONDE ESTÁ A VERDADEIRA IGREJA DO ...  
  A CRUZ DE CRISTO ...  
  Veja Mais ›  
 

 
  OS SERES HUMANOS IRÃO MORAR NO CÉ ...  
  AMOR VERDADEIRO ...  
  Veja Mais ›  
     
 

 
 
 
(11) 97374-6766
 

  
 
 

 
 

 
 

A CRUZ DE CRISTO

 

 

Qual é o valor da cruz de Cristo? A cruz em si não passa de dois pedaços de madeira cujo valor é insignificante. Quando encontramos uma cruz já nos lembramos de morte. Passando em algumas rodovias deparamos algumas vezes com pequenas cruzes ao lado da mesma e então já ficamos sabendo que morreu alguém naquele lugar; assim cruzes lembram mortes, suplícios, sofrimentos, etc.

 

Hoje existem pessoas que usam pequenas cruzes na lapela, nos chaveiros, presas no pescoço por pequenas correntes. Isso traria algum benefício para as pessoas? Será que teríamos prazer em ter conosco como lembrança algo no qual um parente ou amigo tivesse padecido sofrimentos horríveis? Uma pessoa que fora condenado à morte na cadeira elétrica ou forca, seus parentes iriam querer ter uma cadeirinha ou uma “forquinha” para carregar consigo como lembrança? Obviamente que não! E então, porque trazermos conosco uma cruz como lembrança da morte de Cristo? A cruz em si é de pouco valor. O valor total e supremo está na Mensagem da Cruz e não simplesmente na cruz que não passa de pedaços de madeira.

 

Em Jerusalém Cristo entrou montado em um jumentinho. Que valor tem aquele jumentinho hoje? Conta-se uma fábula que aquele jumentinho passado alguns anos disse a sua mãe; vou à Jerusalém para novamente ser honrado como fui a outra vez, chegando ele a Jerusalém foi enxotado e colocado fora da cidade. Triste e cabisbaixo voltou para sua casa ao chegar sua mãe lhe diz: Filho não fique triste, você não entendeu que as honras não eram para você e sim para Jesus que cavalgava sobre seu lombo, entenda filho, que você sem Jesus não passa de um simples jumentinho.

E assim também a cruz sem Jesus não passa de dois pedaços de madeira. O valor inigualável as honrarias, adoração e louvores, pertencem somente a Jesus.

 

Leiamos o que o Apóstolo Paulo diz em (I Coríntios 1: 18) “Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem, mas para nós que somos salvos pela morte expiatória é o poder de Deus”. Porventura a cruz fala? Não, mas o que fala é a mensagem da cruz onde Cristo, segundo Paulo, cravou nela a cédula que nos era contrária para nos reconciliar com Deus pelo seu sacrifício (Colossenses 2: 14). “Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz”.

Em (Efésios 2: 16) diz: “E pela cruz reconciliou ambos (judeus e gentios) com Deus em um corpo matando com ela as inimizades”. Por acaso é a cruz em si que faz isso ou é o sacrifício de Cristo na cruz como Cordeiro de Deus? Cristo suportou a cruz como diz aos (Hebreus 12: 2) “Olhando para Jesus [e não para a cruz] o autor e consumador da fé, o qual pelo gozo que Lhe estava proposto suportou a cruz desprezando a afronta, assentou-se à destra do trono de Deus”. Paulo diz em (Filipenses 3:18) “Porque muitos há, dos quais muitas vezes vos disse e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo”. Ser inimigo da cruz não se refere a madeira da qual ela foi feita, porque você sabe onde está aquela a cruz na qual Cristo morreu? Ainda hoje alguém tem coragem de dizer que existem pedaços dela, você acredita? Eu não acredito de modo nenhum e gostaria de saber quem teve a coragem de guardar a famigerada madeira. Sem duvida nenhuma no assunto acima Paulo não se refere da cruz em si, mas Daquele que morreu nela por nós, então assim nada resolve trazer consigo uma cruz, mas sim crer Naquele que por nós foi crucificado. Paulo diz: em (ICorintios 1:23) “Mas nós pregamos a Cristo crucificado...”. Aquele que sendo Deus se fez homem e habitou entre nós, o Cordeiro imaculado que ofereceu a si mesmo para nos resgatar da morte eterna. A morte de Cristo na cruz nos livra da segunda morte. Ele, somente Ele e não a cruz em si tem poder de libertar o ser humano da condenação do juízo final, quando se dará a segunda morte. Quer vir a Cristo negue-se a si mesmo. Jesus disse: “E quem não tomar a sua cruz e não seguir após mim, não é digno de mim”.

Você não vai querer fabricar uma cruz para carregá-la, porque tomar sua cruz quer dizer; que em toda a sua vida mesmo com sofrimentos, lutas e dissabores por quais muitas vezes passamos devemos seguir os conselhos de Deus dando-Lhe sempre glórias por tudo, nunca maldizendo ou reclamando porque muito mais sofreu Jesus por nó na cruz. Coloque sua vida diante de Deus e aceite a Cristo como teu Salvador. Adoremos a Cristo que por nós morreu na cruz e não adoremos a cruz, ela não foi nada mais do que pedaços de madeira, o sublime e inquestionável valor é a Obra de Cristo no Calvário. Creia em Cristo, leia a Bíblia!

Pr. Ismar Vieira Malta

 

Nome: jose joao augusto

Data: 13/03/2013

Comentário:

continua contribuindo com sabedoria. seja feliz em CRISTO jesus

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Nome: Denilson Fernandes

Data: 05/02/2013

Comentário:

Palavras dotadas de grande sabedoria, parabéns a escritor, que Deus continue abençoando seu ministério.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

ENVIE UM COMENTÁRIO SOBRE ESTE TEXTO:

Nome:
E-mail:
   

Comentário:

(0 / 250)

Voltar

Pr. IsmarLivros MensagensEstudosFotosContatos LinksHome

© Copyright 2017 - Pastor Ismar Vieira Malta - Desenvolvido pela Agência de Sites Jundiaí e Portal Imóvel Já