Pr. IsmarLivros MensagensEstudosFotosContatos LinksHome

   
  ESPINHOS REINANTES ...  
  UM DIÁLOGO. ...  
  Veja Mais ›  
 

 
  QUEM SÃO OS UNGIDOS DE DEUS? ...  
  CAPAS ...  
  Veja Mais ›  
     
 

 
 
 
(11) 97374-6766
 

  
 
 

 
 

 
 

A Igreja Substituiu Israel No Plano De Deus?

Existe uma ala religiosa que seus ensinos dizem que a igreja substituiu Israel no plano de Deus, será isso real? A Bíblia tem a resposta para isso! Quando Israel saiu do Egito em sua parada no Sinai Deus ordenou a Moisés que dissesse ao povo que andasse em Sua presença e que Israel seria um reino sacerdotal, Êxodo 19.6 “E vós me sereis um reino sacerdotal e o povo santo. Estas são as palavras que falarás aos filhos de Israel”. Em Números está escrito que Deus não se arrepende de suas promessas e é confirmado em Números 23.19 “Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria”? O profeta Samuel confirma isso em I Samuel 15.29 “E também aquele que é a Força de Israel não mente nem se arrepende; porquanto não é um homem para que se arrependa”.

 

Vejamos o que a Bíblia diz a respeito. Começamos pelo que o profeta Daniel que tudo que ouviu do anjo Gabriel, deixou escrito em Daniel 9: 24 a 27 “Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo, e sobre a tua santa cidade, para cessar a transgressão, e para dar fim aos pecados, e para expiar a iniqüidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e para ungir o Santíssimo.

Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar, e para edificar a Jerusalém, até ao Messias, o Príncipe, haverá sete semanas, e sessenta e duas semanas; as ruas e o muro se reedificarão, mas em tempos angustiosos.

E depois das sessenta e duas semanas será cortado o Messias, mas não para si mesmo; e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação; e até ao fim haverá guerra; estão determinadas as assolações.

 E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador”.

 

Observe bem; até a vinda do Príncipe (Jesus Cristo) sete semanas e após sessenta e duas semanas formando assim sessenta e nove, será cortado o Messias e o povo de outro príncipe destruirá Jerusalém e a guerra será até o fim e nós sabemos perfeitamente que as guerras e assolações até hoje não cessaram naquela região. Como explicar então? Pela palavra de Daniel até aí foram sessenta e nove semanas. O Messias veio Israel não o recebeu conforme diz João em João 1.11 “Veio para o que era seu, e os seus não o receberam”. Começando assim o tempo da Graça conforme relata o próprio evangelista em João 1.12 “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome”.

 

Ficou faltando uma semana parando assim o curso das semanas de Daniel. Vamos ver o que diz o Apóstolo Paulo a respeito de Israel em Romanos 11:11 “Digo, pois: Porventura tropeçaram, para que caíssem? De modo nenhum, mas pela sua queda veio a salvação aos gentios, para os incitar à emulação”. Israel tropeçou, mas não para cair, mas para trazer salvação                                                                                                                                                                                                                            aos gentios, examinemos o que o apóstolo diz no versículo 12 “E se a sua queda é a riqueza do mundo, e a sua diminuição a riqueza dos gentios, quanto mais a sua plenitude”! Quando ele fala plenitude; entende-se claramente que Israel se levantará reconhecendo a Jesus Cristo como o Messias prometido conforme diz o profeta em Zacarias 12 8 a 10 “Naquele dia o SENHOR protegerá os habitantes de Jerusalém; e o mais fraco dentre eles naquele dia será como Davi, e a casa de Davi será como Deus, como o anjo do SENHOR diante deles. E acontecerá naquele dia, que procurarei destruir todas as nações que vierem contra Jerusalém; Mas sobre a casa de Davi, e sobre os habitantes de Jerusalém, derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim, a quem traspassaram; e pranteá-lo-ão sobre ele, como quem pranteia pelo filho unigênito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito”. Essas coisas acontecerão após o arrebatamento da Igreja e no final da grande tribulação cuja duração será de sete anos com o governo do anticristo.

 

Ao iniciar o cumprimento da última semana de Daniel o anticristo fará aliança enganadora com muitos, inclusive Israel e no fim dessa semana o anticristo e o falso profeta serão lançados no lago de fogo, Apocalipse 19.20 “E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre”. O próprio Satanás será preso por mil anos conforme está escrito em, Apocalipse 20;1 e 2 “E VI descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo, e uma grande cadeia na sua mão. Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos”.

Com a prisão de Satanás e sua equipe todo o remanescente de Israel será salvo por Cristo e iniciará o Reino Milenar, a Igreja estará em Jerusalém Celeste com seu amado esposo, glorias ao seu santo Nome. Passado o milênio será o Juízo Final.

 

Conclusão: Israel volta-se para Deus Jeová e fica assim claro que a Igreja nunca substituiu e nunca substituirá a Israel no Plano divino, não houve e jamais haverá substituto para Israel, a Igreja é a esposa do Cordeiro de Deus que permanece no tempo da graça que termina com seu arrebatamento por Jesus Cristo e ela será levada para a Gloria e Israel continuará sendo o povo de Deus, conforme Ele prometeu a Abraão e aos profetas conforme está na Bíblia. Não podemos confundir a parada de Israel com substituição.

Creia em Jesus Cristo e leia a Bíblia.

Pr Ismar V. Malta.

 

Nome: Armando Cesar

Data: 22/07/2014

Comentário:

Paz do Senhor!
Concordo plenamente com o senhor, inclusive penso que se, nós fossemos Israel, teríamos que passar pela Grande tribulação, acontecimento que a Bíblia diz que a "Igreja" estará livre deste acontecimento!
Paz do senhor!

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Nome: fabio furtado

Data: 30/03/2013

Comentário:

Palavra preciosa! tenho procurado uma clareza sobre o pricipe que ha de vir.Em meu ministério temos contradições a respeito deste principe. Como o Sr sabe, uns dizem ser ele o cristo. Como ter base p afirmar ser ele o antic e não Jesus?
Um abraço!

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

ENVIE UM COMENTÁRIO SOBRE ESTE TEXTO:

Nome:
E-mail:
   

Comentário:

(0 / 250)

Voltar

Pr. IsmarLivros MensagensEstudosFotosContatos LinksHome

© Copyright 2018 - Pastor Ismar Vieira Malta - Desenvolvido pela Agência de Sites Jundiaí e Portal Imóvel Já