Pr. IsmarLivros MensagensEstudosFotosContatos LinksHome

   
  A UNÇÃO NA BÍBLIA ...  
  O ZELO PELA CASA DE DEUS ...  
  Veja Mais ›  
 

 
  O PASTOR E A POLITICA ...  
  O SANGUE NO ANTIGO E NOVO TESTAME ...  
  Veja Mais ›  
     
 

 
 
 
(11) 97374-6766
 

  
 
 

 
 

 
 

O MINISTRO E A CHAMADA MINISTERIAL.

UM RESUMO

 Ministro é aquele que ministra. Alguns exemplos; Ministro da Fazenda, Ministro da Saúde, e temos também ministros religiosos. Falaremos apenas dos religiosos, tais como Pastores e Presbíteros. Em muitas traduções da Bíblia os Presbíteros são chamados de Bispos. Tem Três tipos de chamadas para esses ministérios.

A primeira chamada. A principal é feita por ordem e na direção de Deus, como vemos a chamada de Paulo e Barnabé para o ministério da igreja Atos 13:2 “E, servindo eles ao Senhor e jejuando, disse o Espírito Santo: Apartai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado”. Essa chamada foi realizada pela orientação do Santo Espírito. Essa chamada é essencial para o fortalecimento do povo de Deus. Deus chamou e ordenou os apóstolos e até hoje estamos vendo, sentindo e beneficiados pelos trabalhos deles e de seus companheiros que sem medir esforços dedicaram suas vidas a obra de Deus, foram martirizados, jogados aos leões, degolados, crucificados, mortos a espadas, mas não se deixaram vencer e ainda sem nenhum outro interesse anunciaram a Cristo e esse crucificado conforme está escrito em 1 Coríntios 2:2  “Porque nada me propus saber entre vós, senão a Jesus Cristo e este crucificado”. Os trabalhos que eles executaram até hoje produzem frutos para a vida eterna.

Será que hoje ainda é totalmente assim? Claro que não, mas também é certo que hoje ainda existem pastores sinceros que entregam suas vidas nos trabalhos da igreja, dedicam sem interesses próprios, vivem aquilo que pregam. Hoje, porém também existem muitos “pastores que pastoreiam” a si mesmos, pregam promessas que nunca se cumprem servindo somente á seus próprios interesses e outros procuram emocionar o povo com interesses de granas, ou outros interesses espúrios, comem a carne das ovelha  usam a lã e vendem o couro em seus benefícios e outros fazem da igreja trampolim para ingressarem na política secular ou em cargos de destaques.

A segunda chamada. É aquela que é feita pelos homens, realizada por amizade, ou por outros interesses ou ainda por pressão. Essa sempre proporciona dissabores porque está fadada ao fracasso, a desavença e até divisões no trabalho e é considerada absurda e negativa. São bajuladores que nem estudam a Bíblia somente procuram testos isolados sem contesto para pregarem e suas mensagens sem consistência, não tem meio e nem epilogo e muitas vezes lêem um texto e nada falam a respeito do que leram, outros lêem o testo bíblico e contam historias e testemunhos que nada representam com aquilo que leram deixando a igreja sem a preciosa e genuína mensagem que tanto bem faz para os ouvintes.

A terceira chamada. Essa é aquela que a própria pessoa se chama si mesma fazendo se de ministro por interesses financeiros, prometendo um mar de benção que nunca se cumpre. Esses podem até permanecerem alguns tempos, pois não atende conselhos de ninguém e ainda diz; foi Deus que me ordenou só a ele atendo. Eles fazem como faziam os profetas de Israel que profetizam mentiras, adivinhações, com está escrito em Ezequiel 13:2 “Filho do homem, profetiza contra os profetas de Israel que são profetizadores e dize aos que só profetizam o que vê o seu coração: Ouvi a palavra do Senhor”. E ainda em Ezequiel 13:9 “E a minha mão será contra os profetas que vêem vaidade e que adivinham mentira; na congregação”.

No tempo de Paulo já tinham os que até queriam pagar para serem milagreiros Atos  8:18 a 21 “E Simão, vendo que pela imposição das mãos dos apóstolos era dado o Espírito Santo, lhes ofereceu dinheiro, dizendo: Dai-me também a mim esse poder, para que aquele sobre quem eu puser as mãos receba o Espírito Santo.Mas disse-lhe Pedro: O teu dinheiro seja contigo para perdição, pois cuidaste que o dom de Deus se alcança por dinheiro.Tu não tens parte nem sorte nesta palavra, porque o teu coração não é reto diante de Deus”. Hoje está cheio de milagreiros por aí, oferecendo cura exterior e interior, libertações, casas, chaves de carros riquezas e outras balelas. Examinem como foram a vivencia desde os profetas, apóstolos e seus companheiros; Hebreus 11:37 a 39  “Foram apedrejados, serrados, tentados, mortos a fio de espada; andaram vestidos de peles de ovelhas e de cabras, desamparados, aflitos e maltratados (homens dos quais o mundo não era digno), errantes pelos desertos, e montes, e pelas covas e cavernas da terra. E todos estes, tendo tido testemunho pela fé, não alcançaram a promessa”. Veja agora algo sobre os apóstolos; Atos 20:34 e 35 “Vós mesmos sabeis que, para o que me era necessário, a mim e aos que estão comigo, estas mãos me serviram. Tenho-vos mostrado em tudo que, trabalhando assim, é necessário auxiliar os enfermos e recordar as palavras do Senhor Jesus, que disse: Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber”. E ainda em Atos 14:19  “Sobrevieram, porém, uns judeus de Antioquia e de Icônio, que, tendo convencido a multidão, apedrejaram a Paulo e o arrastaram para fora da cidade, cuidando que estava morto”. Poderíamos dizer mais de Tiago, Pedro e outros. Será que hoje ainda acontece isso? Pode sim as coisas virarem e voltar acontecer essas perseguições novamente, pois o abuso está demais e nesse caso muitos inocentes sofrerão.

Resumo: Primeira chamada.

Não é por causa desses aventureiros que vamos generalizar falando contra todos. Hoje ainda sim existem pastores que honram sua chamada Ministerial, trabalham com amor, dedicação, com desejo exclusivo de ver a obra de Deus crescer, prosperar tirar indivíduos das sarjetas, do mau caminho e colocar-los ou recolocá-los no meio familiar e na sociedade, pois é para isso que Deus até hoje continua realizando chamadas para esse tão maravilhoso e abençoado trabalho, ainda que muitos duvidem disso por causa dos aventureiros que não são poucos.

Segunda e terceira chamada.

Não temos o que dizer além do que acima está escrito, somente dizer que são realizadas com textos isolados sem contexto somente por interesses próprios e responderão perante Deus pelo que pregam em Seu Nome Essas coisas servem para prejudicarem os trabalhos realizados por fieis, examinem o que Pedro diz em 2 Pedro 2:2 “E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade”.

Somente em Várzea fui pastor presidente por vinte e seis anos, pela minha idade reuni o Ministério local e passei a direção dos trabalhos para outro pastor, porém, não me aposentei não, eu estou na mesma igreja como Presidente de Honra e freqüento normalmente os cultos até que o SENHOR JESUS venha buscar Sua Igreja ou lhe apraz em me levar para a gloria. Amém!

A igreja não foi constituída para servir de empreguismo, trampolim e nem outras coisas terrestres, mas exclusivamente para anunciar a Cristo e esse crucificado para perdoar pecados e a salvação da alma para uma eternidade de gozo eterno, pois Jesus disse neste mundo tereis aflições João 16:33  “Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo”.

Creia em Cristo, leia e estude a Bíblia.

                                               

Pr. Ismar Vieira Malta.            

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR ESTE TEXTO

Nome:
E-mail:
   

Comentário:

(0 / 250)

Voltar

Pr. IsmarLivros MensagensEstudosFotosContatos LinksHome

© Copyright 2017 - Pastor Ismar Vieira Malta - Desenvolvido pela Agência de Sites Jundiaí e Portal Imóvel Já