Pr. IsmarLivros MensagensEstudosFotosContatos LinksHome

   
  ALEGRIA DO CRENTE SINCERO ...  
  ONDE ESTÁ A VERDADEIRA IGREJA DO ...  
  Veja Mais ›  
 

 
  DIVERSOS ASSUNTOS À LUZ DA BÍBLIA ...  
  O PREÇO DE UMA TRAIÇÃO ...  
  Veja Mais ›  
     
 

 
 
 
(11) 97374-6766
 

  
 
 

 
 

 
 
 A PROPAGAÇÃO DO EVANGELHO FOI ORDENADA POR JESUS CRISTO ÚNICA E EXCLUSIVAMENTE AOS APÓSTOLOS?

Hoje ainda existem algumas denominações que são contra pregar o evangelho fora dos templos, alegam que essa missão (obrigação) fora ordenada única e exclusivamente aos apóstolos e que as igrejas não devem propagar-lo nas ruas ou outros meios quaisquer, mas pregá-los somente dentro dos templos, chegam ao cumulo de dizerem que o Senhor tem ordenado através da mensagem nos púlpitos que não propaguem o evangelho porque Ele fará com que os eleitos venham para ouvir a palavra e se firmarem na graça e os que não vierem é porque não são eleitos para a salvação. (Isso é doutrina da predestinação) Jamais o Senhor daria uma ordem dessas, pois tal ordem de pregar só nos púlpitos é completamente contraria aquilo que o Mestre ordenou e Deus não é homem para contradizer Sua própria Palavra. Tendo conhecimento dessas aberrações resolvi examinar qual era o pensamento dos reformadores a respeito desse assunto, não que eu tenha duvida sobre isso, mas para ver se essas aberrações vieram deles ou não. Esses ensinos não passam de doutrina da predestinação e exclusividade, pretensão sem fundamento bíblico o que não tem nenhuma base na Palavra de Deus. Timóteo diz claramente contra tal ensino em sua epistola 1 Timóteo 2:4  “Quer que todos os homens se salvem e venham ao conhecimento da verdade”. (Examinei três antigos reformadores descritos abaixo). Se Deus quer que todos se salvem logo se entende que não existe predestinação e nem exclusividade para esta ou aquela igreja (denominação) Tito diz o seguinte; Tito 2:11  “Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens”, e a Graça de Deus é só Jesus e não uma igreja, assim não há predestinação e nem exclusividade, pois bem está  claro que a salvação depende da escolha que a pessoa fizer enquanto vive, pois Deus deu ao ser humano o livre arbítrio. Pelo menos três pessoas de certas igrejas que adotam esse erro doutrinário me disseram que a salvação só se alcança onde eles congregam, e ainda disseram que o Senhor envia para lá todos os eleitos para tal e que eles não propagam o evangelho porque em tempos idos o Senhor mandou através da palavra pelo líder no púlpito que não propagassem o evangelho porque Ele enviaria os eleitos para essa denominação e que os demais não seriam enviados porque não se destinavam à salvação. Ficando assim claro que eles crêem na predestinação e na exclusividade de suas igrejas.

AFINAL DE CONTAS DEVEMOS OU NÃO PROPAGAR O EVANGELHO?

Para isso examinemos o que ordena a Palavra de Deus, porque Deus jamais irá enviar uma palavra contrariando seus ensinos. Começaremos por Marcos.

Marcos 16:15  “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura”.

Lucas 24:47  “E, em seu nome, se pregasse o arrependimento e a remissão dos pecados, em todas as nações, começando por Jerusalém”.

Lucas 14:23  “E disse o senhor ao servo: Sai pelos caminhos e atalhos e força-os a entrar, para que a minha casa se encha”.

Pregar o evangelho nunca foi obrigação somente dos apóstolos e muito menos de pregar só nos púlpitos. Vejamos pregadores do tempo apostólico que não eram apóstolos.

2 Timóteo 4:2  “Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina”.

Atos 8:35  “Então, Filipe, abrindo a boca e começando nesta Escritura, lhe anunciou a Jesus”. (Esse pregador era Diácono).

Atos 13:46  “Mas Paulo e Barnabé, usando de ousadia, disseram: Era mister que a vós se vos pregasse primeiro a palavra de Deus; mas, visto que a rejeitais, e vos não julgais dignos da vida eterna, eis que nos voltamos para os gentios”. (Barnabé não era apóstolo)

Atos 18:24  “E chegou a Éfeso um certo judeu chamado Apolo, natural de Alexandria, varão eloqüente e poderoso nas Escrituras”.

Atos 18:28  “Porque com grande veemência convencia publicamente os judeus, mostrando pelas Escrituras que Jesus era o Cristo”.

Será que terão a coragem de dizerem que todos esses eram apóstolos?

Procurei fazer uma pequena pesquisa nos dos três antigos reformadores para ter conhecimento como eram os seus ensinos pela Bíblia e isso descrevo abaixo.

Lutero, na verdade ele não tinha intenção de fundar uma igreja, mas apenas reformar a Igreja C. Romana, todavia ele se interessava muito pela leitura da Bíblia, porém se ele conseguisse seu objetivo de reforma continuaria apenas com algumas mudanças,  assim continuaria com coisas que a doutrina bíblica discorda, mas como fora expulso da igreja fundou a igreja Luterana. Nos fins de seus dias tornou se inimigo ferrenho dos judeus o que também vem contra os ensinos bíblicos. Ele também foi daqueles que dizia que deveria pregar só dentro dos templos.

Calvin, ele pregava que a salvação era só em Cristo, porém acreditava que só os eleitos seriam salvos, assim ele também cria também na exclusividade e na predestinação das pessoas, coisas que não tem amparo na doutrina bíblica.

Wesley, esse grande evangelista discordava categórica e completamente contra a predestinação e exclusividade, e por isso o desprezavam. Ele rompeu as barreiras e declarou; minha paróquia (igreja) é o mundo e assim dizendo esse grande líder saiu pelo mundo pregando a salvação em Cristo a todos os seres humanos que pode alcançar. Dizem os historiadores que ele viajava por onde podia tanto a pé e ou montado em cavalos percorreu muitos e muitos quilômetros sempre anunciando o evangelho de Jesus Cristo para arrependimento e salvação de todos os que aceitassem crendo em Jesus. Enfrentou muitos adversários, certa feita fora cercado por algozes saltou dentro de um lago gelado, saiu do outro lado e continuou o seu trabalho na obra de Deus, era só esse o seu interesse, propagar o Evangelho, não temendo e nem se preocupando com outras coisas nem mesmo com sua vida. Certa feita Wesley disse; se me derem cem homens que nada temam a não ser o pecado, eu abalarei o mundo. Esse grande evangelista pregou a multidões.

Lutero nasceu em 10/11/1483, faleceu em18/02/1546.

Calvin nasceu em 10/07/1509, faleceu em 27/05/1564

Wesley nasceu em 17/06/1703, faleceu em 02/03/1791

Mesmo com os pequenos resquícios e divergências, na liturgia, coisas que eles trouxeram de onde saíram, eles ensinaram o mundo o dever de crermos única e exclusivamente em Cristo através dos ensinos bíblicos. Não há duvida que eles foram usados como instrumentos nas mãos de Deus em prol da anunciação do santo Evangelho de Jesus para salvação dos pecadores.

Assim a obra de Deus ganhou força e maior liberdade para avançar categoricamente por todo o mundo.

Até que surgiu o grande avivamento da Rua Azusa em Losangeles, despontando ao mundo o movimento Pentecostal com o ensino genuíno sobre os dons do Espírito Santo com base exclusivamente na Bíblia e não como hoje se vê muitos distorcendo os ensinos bíblicos pregam um místico colocando versículos isolados e mistura os com heresias, adivinhações e outros amuletos com os quais enganam os simples.

Após o avivamento da Rua Azusa aportaram no Brasil três ilustres homens de Deus com a chama Pentecostal, sentiram direção de Deus para trazerem ao nosso país esse santo ensino que tem base solida na Bíblia. São eles; Daniel Bergue, Gunar Vingre e Lois Fracescon. (Luiz Franciscon)

Daniel Bergue e Gunar Vingre eram suecos e pertenciam a igreja Batista, Fracescon pertencia a Igreja Presbiteriana Italiana. Esses homens vieram para o Brasil sob a direção do Espírito Santo e pregavam a salvação das almas pela fé unicamente em Jesus Cristo e não em igrejas, os três tinham comunhão entre si em uma boa união para o avanço da obra de Deus ao ponto dos três participarem em ambos os trabalhos.

Francescon fundou a Congregação Cristã no Brasil e Daniel com Gunar fundaram a Assembléia de Deus no ano de 1910, embora eles trouxessem consigo pequenas divergências (resquícios) que trouxeram de onde haviam saídos, trabalhavam unidos pela obra de Deus no Brasil.

Quando esses homens de Deus terminaram suas jornadas e partiram para suas pátrias ou para estarem com o Senhor, foi rompida essa comunhão porque a Congregação chamou para si a exclusividade de salvação (uniscista) ensinando com isso a predestinação. Como pode ser isto se a salvação do pecador é pela Graça de Deus que é unicamente Jesus e não uma denominação? Vejamos o que diz os apóstolos a respeito, Tito 2:11  “Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens”. Ainda em Atos 4:12  “E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos”. E Deus não dá sua glória a outrem, Isaías 42:8 “Eu sou o SENHOR; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei”...

Se essa pretensão de ser o único lugar de salvação fosse somente a uma dessas igrejas que foram fundadas em1910 eu pergunto; e os que morreram antes dessa data para onde foram, foram para o inferno? E onde não existe nenhuma delas o que dizer a respeito?

Será que compraram o direito salvar o pecador? Isso a meu ver é diminuir o valor da morte expiatória que Cristo realizou em Sua morte e ressurreição.

Esse erro doutrinário persiste em mais de uma denominação, alguém me disse que nos princípios de sua igreja o Senhor mandou a palavra dizendo-lhes que não anunciassem o evangelho e somente deveriam falar nos púlpitos e não em outros lugares porque ele enviaria para lá os que seriam salvos, isso se chama de doutrina da predestinação o que está claramente contrário os santos ensinos.

 

 

A final de contas devemos ou não propagar (anunciar o Evangelho) ou essa obrigação era só dos apóstolos?

Vejamos o que diz a Bíblia e não pela palavra de um pregador, na qual temos por obrigação e examinar se está ou não de acordo com Bíblia, porque não existe homem infalível e o homem pode pregar por inspiração divina, mas também pode pregar por emoção, por desabafo ou por grandeza ou sem falta do conhecimento correto das Escrituras, porque muitos se dizem serem vasos, mas existem muitos vasos furados por aí. A Palavra de Deus nos dá o direito e devemos de examinar aquilo que se prega nos púlpitos, 1 Coríntios 14:29 “E falem dois ou três profetas, e os outros julguem”. Nesse versículo a palavra profeta se refere às mensagens pregadas nos púlpitos porque os profetas vieram só até João. 1 Coríntios 14:29  “E falem dois ou três profetas, e os outros julguem”. Julgar pela Bíblia e nunca pela nossa maneira pensar.

Então quais os locais que devemos pregar? Veremos o que diz a Bíblia.

Marcos 16:15  “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.

Lucas 24:47  e, em seu nome, se pregasse o arrependimento e a remissão dos pecados, em todas as nações, começando por Jerusalém”.

Lucas 14:21  “E, voltando aquele servo, anunciou essas coisas ao seu senhor. Então, o pai de família, indignado, disse ao seu servo: Sai depressa pelas ruas e bairros da cidade e traze aqui os pobres, e os aleijados, e os mancos, e os cegos”.

Se disserem que essa ordem foi só para os apóstolos continuemos com a Bíblia.

Apolo pregava com ousadia a Palavra. E Apolo não era apóstolo

Atos 18:24  “E chegou a Éfeso um certo judeu chamado Apolo, natural de Alexandria, varão eloqüente e poderoso nas Escrituras”.

Barnabé também não era apóstolo.

Atos 13:46 e 49  “Mas Paulo e Barnabé, usando de ousadia, disseram: Era mister que a vós se vos pregasse primeiro a palavra de Deus; mas, visto que a rejeitais, e vos não julgais dignos da vida eterna, eis que nos voltamos para os gentios. E a palavra do Senhor se divulgava por toda aquela província”.

Temos sim que pregar em todos os lugares para salvação dos que crerem,

1 Timóteo 2:4 “Que quer que todos os homens se salvem e venham ao conhecimento da verdade”.

E então o que dizer de Luiz Fracescon, Daniel Bergue e Gunar Vingre, eles não tinham templos e nem púlpitos como fundaram essas igrejas? Propagando o Santo Evangelho por onde passavam. Dizer que só aqui ou ali tem meios de salvação é simplesmente orgulho, prepotência e falta de examinar a Santa Palavra e confiar demasiadamente no homem e desconhecimento total da doutrina bíblica.

Temos que pregar, anunciando o evangelho em todos os lugares no tempo e fora de tempo veja o que diz em 2 Timóteo 4:2  “Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo”.

As igrejas referidas continuam suas trajetórias pregando de seus modos a Palavra de Deus. Não devemos julgar a ninguém, pois quem julga é a própria Palavra de Deus, pois nós não temos esse direito, Mateus 7:1 “Não julgueis, para que não sejais julgados”.

Preguemos por todos os lados e em todos os lugares o Santo evangelho de Cristo.

Pregar em todas as nações isso é que importa, Marcos 13:10 “Mas importa que o evangelho seja primeiramente pregado entre todas as nações” e ainda em Mateus 24:14  “E este evangelho do Reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as gentes, e então virá o fim”.

O pior é que os que são uniscista e crêem na predestinação não examinam a doutrina bíblica e nem sequer examinam as mensagens escritas a respeito. São extremamente bitolados em suas interpretações.

Anunciemos por todos os meios e em todos os lugares o evangelho de Deus

Pr. Ismar V. Malta.

 

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR ESTE TEXTO

Nome:
E-mail:
   

Comentário:

(0 / 250)

Voltar

Pr. IsmarLivros MensagensEstudosFotosContatos LinksHome

© Copyright 2017 - Pastor Ismar Vieira Malta - Desenvolvido pela Agência de Sites Jundiaí e Portal Imóvel Já